top of page

Isolamento acústico na construção em LSF: guia completo


ambiente com isolamento acústico


O ruído incessante compromete a habitabilidade de um lar ou escritório, não é?


Proporcionar ambientes com conforto acústico é um desafio frequente nestes tempos barulhentos. No entanto, profissionais da construção civil têm à disposição tecnologias e materiais inovadores que transformam esse obstáculo em diferencial competitivo. Dentre eles, destaca-se o Light Steel Frame (LSF), uma solução construtiva que, devidamente planejada, promove excelente isolamento acústico para os mais diversos projetos.





Entendendo o Isolamento Acústico no LSF


O isolamento acústico é um parâmetro crítico no planejamento de edificações em Light Steel Frame (LSF), influenciando diretamente no conforto dos usuários.


No sistema LSF, a eficácia do isolamento acústico depende da escolha de materiais que absorvam e dissipem as ondas sonoras, além da correta execução das instalações e fechamentos.


Materiais como lã de vidro, lã de rocha e poliestireno expandido (EPS) são comuns no isolamento acústico do LSF, requerendo atenção especial na sua especificação e instalação.


Principais conceitos e sua importância


O isolamento acústico é crucial para promover ambientes saudáveis e confortáveis, reduzindo a transmissão de ruídos indesejados.


O conforto acústico incrementa a qualidade de vida, influenciando diretamente no bem-estar e na produtividade dos indivíduos.

Ao escolher materiais para isolamento acústico no LSF, deve-se avaliar a performance, durabilidade e compatibilidade com a estrutura metálica, garantindo eficácia e segurança.


A correta especificação do sistema de isolamento, levando em conta a massa, a densidade e o coeficiente de absorção sonora dos materiais, é fundamental para atingir os objetivos acústicos desejados.


Diferença entre isolamento e absorção sonora


No universo da acústica na construção civil, é primordial distinguir entre isolamento e absorção sonora. Ambos contribuem para o conforto acústico, mas desempenham funções distintas e complementares.


O isolamento acústico refere-se à capacidade de um material de impedir que o som se propague de um ambiente para outro. As lãs minerais são eficazes nessa função, pois a sua característica absorvedora, como uma mola, dificulta a passagem das ondas sonoras, atuando como uma barreira. Esses elementos são vitais, principalmente em construções com Light Steel Frame (LSF), que possuem características estruturais diferenciadas e que exigem soluções específicas de isolamento.


Por outro lado, a absorção sonora se relaciona com a aptidão de um material para converter energia sonora em energia térmica, reduzindo a reverberação dentro do próprio ambiente. Materiais porosos ou fibrosos são ótimos absorventes acústicos. Estes possibilitam o controle da qualidade sonora interna, essencial para espaços como salas de aula, escritórios ou teatros, onde a inteligibilidade do som é crucial.


Consequentemente, o desafio na construção civil, especialmente em projetos LSF, é integrar adequadamente o isolamento e a absorção sonora. É preciso selecionar materiais que ofereçam as características necessárias para bloquear o som entre espaços distintos, conjugados com acabamentos que possibilitem a absorção sonora. Este equilíbrio garante que as necessidades acústicas sejam satisfeitas, proporcionando ambientes com qualidade superior.


Materiais Isolantes para LSF


No sistema construtivo Light Steel Frame (LSF), a escolha de materiais isolantes deve considerar a espessura e o desempenho acústico. Lã de vidro e lã de rocha sobressaem pela capacidade de adaptação às estruturas leves do LSF, conferindo excelente isolamento.


Adicionalmente, painéis de gesso acartonado com densidade elevada reforçam a barreira contra o som. Para incrementar a performance, são utilizadas membranas acústicas que, colocadas entre camadas de drywall ou steel frame, melhoram significativamente a atenuação de ruídos.


Na conjunção de elementos, a correta instalação é crítica. Seladores acústicos e fitas amortecedoras asseguram a vedação e a integridade do sistema de isolamento em LSF, eliminando pontes acústicas indesejadas.


Lã de rocha e lã de vidro


A lã de rocha e a lã de vidro destacam-se como soluções eficientes para o isolamento acústico em sistemas Light Steel Frame (LSF) devido às suas excelentes propriedades de absorção sonora.


  1. Seleção de Espessura: Considerar a espessura ideal do material para atingir o desempenho acústico desejado, preenchendo todo o núcleo das paredes.

  2. Instalação Cautelosa: Assegurar que a instalação seja feita sem lacunas, cobrindo toda a área.

  3. Proteção Adicional: Utilizar membranas acústicas em conjunto com a lã de rocha ou vidro para aumentar a atenuação de sons.

  4. Manutenção da Conformidade Técnica: Observar as especificações técnicas do fabricante para maximizar a eficácia do isolamento acústico.

  5. Compatibilidade com LSF: Realizar a análise de espessura do perfil de LSF, para que seja adquirida a lã com densidade e espessura correta.


Ambos os materiais são incombustíveis e oferecem resistência térmica adicional, aspectos importantes para a segurança e conforto em construções LSF. Estes materiais são facilmente manuseáveis e adaptáveis às mais diversas configurações estruturais, tornando-os escolhas versáteis para o isolamento acústico em projetos de Light Steel Frame.


Painéis acústicos e espumas isolantes


Os painéis acústicos são soluções eficazes no tratamento de ambientes contra a transmissão de ruídos. Fabricados com materiais porosos ou fibrosos, são capazes de absorver as ondas sonoras, impedindo a reverberação dentro dos espaços.


Na escolha de painéis acústicos, leva-se em conta a frequência de som que se deseja isolar. Materiais como o SPRAY FOAM, lã de rocha e lã de vidro são excelentes absorventes sonoros. A decisão por um ou outro deve considerar o índice de redução de ruído desejado e a compatibilidade com o orçamento disponível.


Além do isolamento sonoro, estes materiais também contribuem para a melhora do conforto térmico. O SPRAY FOAM, em especial, pode ser facilmente cortado e adaptado para preencher cavidades internas de paredes e tetos, reduzindo pontes acústicas causadas por espaços desprotegidos.


Por fim, é essencial que a instalação desses painéis e espumas seja feita com precisão, seguindo normas técnicas. O selamento correto de juntas e a fixação adequada são vitais para manter a performance acústica. Estes procedimentos evitam falhas que poderiam comprometer tanto o isolamento acústico quanto a integridade estrutural do sistema LSF.


Técnicas de Aplicação no Light Steel Frame


No contexto do Light Steel Framing (LSF), as técnicas de aplicação de materiais de isolamento acústico devem ser minuciosamente planejadas. A própria configuração do sistema, com guias e montantes, cria um núcleo vazio que permite a aplicação dos materiais, facilitando o isolamento. A instalação de membranas acústicas entre as placas de revestimento e a estrutura metálica, por exemplo, pode reduzir significativamente a transferência de som. Além disso, é importante utilizar seladores acústicos para fechar as juntas e conexões, evitando as pontes acústicas e contribuindo para um desempenho acústico ideal. Os parafusos e fixadores devem ser apropriados para LSF, garantindo que não haja vibração excessiva que possa transmitir ruídos. A correta integração de sistemas de isolamento com as instalações elétricas e hidráulicas deve ser assegurada para evitar a perda de eficácia do isolamento em tais interseções. As barreiras de vapor também são fundamentais para impedir que a umidade degrade os materiais acústicos e afete sua performance.


Duplas camadas e preenchimento interno


Na concepção de sistemas LSF, a adoção de paredes com dupla camada de gesso acartonado, é uma prática eficaz. Esta estrutura permite a criação de uma barreira mais robusta ao som, intensificando o isolamento acústico oferecido.


O preenchimento interno com lã mineral ou lã de vidro favorece a absorção sonora. Estas fibras são especialmente desenhadas, atuando como molas que "amortecem" as ondas sonoras.


O uso de painéis acústicos rígidos também apresenta excelentes resultados. Esses elementos reduzem a propagação de ruídos aéreos e de impacto, graças à sua densidade e constituição.

Na instalação, é fundamental atentar para a continuidade do isolamento, evitando frestas que possam comprometer a performance. A selagem precisa das juntas entre os painéis é crítica para o sucesso do sistema.


Painéis acústicos flexíveis podem ser usados para aprimorar o isolamento em áreas de difícil acesso, como curvas ou encontros de elementos. Eles se moldam às irregularidades e proporcionam um selamento acústico eficiente.


Por fim, a escolha do material deve levar em conta a frequência e intensidade do som a ser isolado. Cada material possui características específicas, sendo essencial uma seleção criteriosa para o atendimento das necessidades do projeto.


Vedação eficaz e revestimentos extras


A eficiência do isolamento acústico em estruturas Light Steel Frame (LSF) depende intrinsecamente de uma vedação otimizada. A continuidade da barreira acústica é fundamental para impedir qualquer tipo de infiltração sonora.


Revestimentos extras, como placas de gesso acartonado com massa específica elevada, podem ser adotados para ampliar o desempenho do sistema, atuando como uma camada suplementar de massa e proporcionando melhor isolamento. Assim, diferentes configurações de revestimento podem ser aplicadas na mesma construção, atendendo as necessidades específicas de cada ambiente.


Entender o comportamento das ondas sonoras e a interação entre os materiais é imprescindível para selecionar a combinação correta de técnicas e produtos, garantindo um resultado acústico superior e alinhado às necessidades do projeto.


Escolhendo o Isolamento Ideal


A definição do isolamento acústico apropriado para projetos em Light Steel Frame (LSF) não deve ser subestimada. O arquiteto deve realizar uma boa análise do programa de necessidades e pesquisar quais materiais possuem o coeficiente de isolamento necessário.


Analisando as necessidades do projeto


A concepção de um projeto arquitetônico que contemple um isolamento acústico eficiente em Light Steel Frame requer uma avaliação minuciosa do desempenho sonoro desejado. Esta análise inicial é o alicerce para a seleção adequada dos materiais e soluções acústicas.


  • Avaliação da localização e dos níveis de ruído externo

  • Determinação da função dos ambientes internos e das necessidades acústicas específicas

  • Análise das exigências legais e normativas relativas ao isolamento acústico

  • Projeção do comportamento acústico das estruturas e revestimentos previstos

  • Definição das frequências de ruído predominantes a serem isoladas

  • Compreensão das necessidades do usuário


Recomenda-se que o arquiteto realize testes e simulações através de plataformas BIM ou softwares específicos como ODEON e INSUL. Testar as possibilidades e estudar as diferentes variáveis que podem influenciar na qualidade dos ambientes é o melhor caminho para projetar e garantir o conforto acústico dos usuários.



Conclusão


Em conclusão, o isolamento acústico na construção em Light Steel Frame é um aspecto fundamental a ser considerado para garantir o conforto e a qualidade de vida dos ocupantes. Ao escolher os materiais adequados e seguir as melhores práticas de instalação, é possível obter resultados eficientes e satisfatórios. Portanto, se você está em busca de soluções de alto desempenho em Light Steel Frame, entre em contato com a Drystore, uma empresa referência no mercado, que oferece produtos e serviços especializados para atender às suas necessidades de isolamento acústico e muito mais.


Entre em contato com a Drystore agora mesmo e descubra como podemos ajudar a tornar o seu projeto de construção em Light Steel Frame ainda melhor. Nossa equipe de especialistas está pronta para oferecer as melhores soluções e orientações personalizadas. Não perca tempo, invista no isolamento acústico adequado e garanta o sucesso do seu empreendimento.


Comments


bottom of page